Cinco startups foram selecionadas pela Visa, nesta segunda-feira (8), para participarem do Programa de Aceleração 2019. Durante o Pitch Fest, dezesseis empresas pré-selecionadas apresentaram suas soluções a uma banca formada por executivos da Visa e convidados. As finalistas tiveram três minutos para falar sobre o objetivo, a viabilidade e a perspectiva de crescimento de seus negócios. 

A partir de 15 de abril, as startups selecionadas vão passar por um processo de imersão na Visa, seguido pelo bootcamp, onde irão aperfeiçoar suas estratégias de negócio. Serão quatro meses de programa, vivendo uma rotina intensa de mentoria num espaço de coworking em São Paulo. Elas ainda terão a chance de passar duas semanas no Vale do Silício.

“Com o programa de aceleração, queremos incentivar negócios entre nossos clientes – emissores, credenciadores e parceiros – e as startups para fomentar o comércio. Acredito que as escolhidas para o primeiro batch deste ano têm, além de grande potencial, sinergia com esse propósito. Estamos muito empolgados em trabalhar com as equipes de perto e ajudá-las a atingirem o seu melhor potencial.”, afirma Percival Jatobá, vice-presidente de Produtos, Soluções e Inovação da Visa do Brasil.

Confira as startups selecionadas para o Programa de Aceleração Visa 2019 abaixo:

1. Swipe – área de pagamentos: Melhora o processo de transferência de valores (dinheiro e qualquer outro tipo de ativo). A Swipe faz a integração com seu cliente e o mesmo pode começar a transacionar seus valores, ele pode criar uma rede própria ou usar a rede da Swipe.

2. Kovi – mobilidade urbana: Aluguel de carros para motoristas de aplicativos. O motorista dos aplicativos faz o aluguel do carro com a Kovi por semana. Toda a manutenção, seguro, IPVA são por conta da Kovi. O Motorista fica apenas com o custo do combustível, e o aluguel semanal.

3. Neopag – gestão de vendas: Plataforma de cartão de crédito digital para lojistas (private label). O cliente final baixa o aplicativo da Neopago onde encontra o cartão.

4. Guiando – gestão financeira: Controle de custos de facilities para o B2B (luz, água e telecom) via plataforma integrada com o ERP dos clientes. Além das informações, a Guiando sugere melhoria nas negociações com os prestadores de serviços e faz negociação com os mesmos.

5. Ripio – blockchain: Banco digital (app e Web) para Criptomoedas e moedas tradicionais, com serviços como: transferência, compra e venda de moedas, resgate de valores, e outros.

Sobre o Programa de Aceleração

O Programa de Aceleração Visa teve início em 2017. Em 2018, as startups selecionadas passaram por um processo de imersão, bootcamp e elaboração de estratégias.  Foram quatro meses de aceleração e de incubação. As startups viveram uma rotina intensa de mentoria, num espaço de coworking em São Paulo e algumas delas completaram o programa nos Estados Unidos, no Vale do Silício. No total, o Programa de Aceleração Visa selecionou 53 startups ao longo destes anos.