Digitalizar experiência de compra do seguro saúde já faz parte da Revolução Insurtech no Brasil

Hoje a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) calcula que mais de 47 milhões de brasileiros têm plano de saúde privado. A maioria dessas pessoas contrataram o seguro do jeito tradicional: um corretor visitou a região onde morava, levou uma pasta com a papelada de produtos e contratos e bateu porta a porta até chegar a alguém interessado. Em 2016, a plataforma Mobisell começou a mudar essa realidade brasileira. Criada por Danilo Meth, Marcio Nunes e Marcio Almeida, ela foi uma das pioneiras a trazer a digitalização da venda de seguro saúde no país. Se hoje apenas 22% dos brasileiros contam com planos de saúde, a possibilidade de operadoras, administradoras e corretoras encontrarem potenciais clientes de forma digital pode aumentar a adesão desse produto entre a população. A plataforma dispõe os planos disponíveis de acordo com região, categoria profissional, de forma simples e rápida, no alvo.

A revolução nos seguros brasileiro está cada vez mais evidente com a inovação no mercado de seguro de vida, automóveis e pets. Mas ainda não há no Brasil um modelo a ser seguido para seguro saúde como há lá fora. “Seguro saúde é a próxima fronteira das startups no Brasil”, garante José Prado idealizador do Insurtech Brasil. “Vemos muita insatisfação dos usuários e um processo ineficiente de venda, um prato cheio para empreendedores.” A Mobisell vem unindo esforços para aproveitar esse cenário para se tornar a principal plataforma de vendas de seguro saúde do mercado brasileiro.

Em abril, a startup será um dos destaques do Insurtech Brasil 2018, evento que reúne empresas que estão inovando no mercado segurador no dia 05 de abril em São Paulo, e apresentará a versão 2.0 de seu aplicativo, com aperfeiçoamentos e novas ferramentas para seguradoras, corretoras e corretores, e administradoras de benefícios que querem se digitalizar e não ficar para trás.

O corretor proativo

Antes o usuário que procurasse um plano de saúde na internet, encontraria planos com vários nomes que não explicam os benefícios com clareza, teria de esperar o contato de um corretor e, além disso, acabaria contratando o plano mais barato em vez de pensar se o produto realmente combina com seu perfil. Na Mobisell, o usuário diz o que quer: se um plano para a família, uma cobertura regional ou nacional, coparticipação, atendimento em apartamento particular.

Ao tornar tudo digital, a Mobisell reduz o custo da operação e o erro de dados para seus clientes, isto é, administradoras de benefícios, operadoras e corretoras de seguro saúde. A venda pode ser feita tanto pelo modelo tradicional com o uso da plataforma pelo corretor que vai fisicamente até o cliente, como também pela via online.

Os corretores já estão percebendo que precisam se digitalizar. Ao se tornar digital, o corretor pode descobrir novos nichos de usuários e procurar clientes em redes de relacionamento de acordo com o perfil de produtos que dispõe. Assim, o cliente cai em seu portal e faz a compra do plano quase que automaticamente. É o encontro de quem procura com quem precisa. “Ele deixa de ser o corretor que bate de porta em porta fisicamente e passa a bater de porta em porta digitalmente.”

Essas mudanças, no entanto, dependem também da adesão de seguradoras e operadoras que invistam em ferramentas que simplifiquem a experiência do corretor e do cliente, melhorando o relacionamento entre esses dois pontos da cadeia. Mas elas estão a par da demanda por tecnologias e uma melhor experiência do usuário.

Não é à toa que, só no primeiro ano de mercado, a Mobisell cadastrou mais de 800 corretoras, plataformas e assessorias, e mais de 12.000 corretores e concessionárias. Além disso, cadastrou mais de 15.000 pessoas por mês a serem beneficiadas por planos de saúde.

Aplicativo 2.0

A Mobisell é uma das soluções oferecidas pela startup Bitix, especializada em melhorar a experiência de usuários por meio de tecnologia. A plataforma terminou 2016, com 3 meses de vida e 3 clientes, quintuplicando esse número em 2017. Para Danilo Meth, a aceitação foi fabulosa. “A soma dos beneficiários dos nossos clientes chega a quase 5 milhões de pessoas.” Seus 15 clientes são responsáveis hoje pela vida de mais de 5 milhões de brasileiros e essas pessoas têm a sua disposição as vantagens da plataforma Mobisell.

Neste semestre, ela irá lançar seu aplicativo 2.0, desenvolvido após os esforços de melhorar ainda mais a Mobisell para seus clientes. Para a nova versão, eles avaliaram e se inspiraram nos processos de venda digital de insurtechs que estão inovando lá fora, como a Lemonade, case de sucesso em inovação no mercado de seguros, e a SymplyInsured. Além disso, ouviram sugestões e ideias de clientes e parceiros e os resultados são promissores.

Os empreendedores da Mobisell apresentarão no Insurtech Brasil a nova versão do aplicativo e vão mostrar como a plataforma pode proporcionar uma experiência de venda para corretores e clientes ainda melhor. Ainda, no segundo semestre, a Mobisell lançará um marketplace de venda de planos para clientes que queiram contratar planos sozinho diretamente pela internet, mas o corretor continuará participando do processo.

“Temos a preocupação de não tirar o corretor da história, ele vai continuar participando do processo, mas usando o marketplace como facilitador para ajudar o usuário.” No Insurtech Brasil 2018, os participantes conhecerão melhor essas novidades da Mobisell e poderão discutir como o seguro saúde pode participar ainda mais da Revolução Insurtech no Brasil.

Confira as novidades da Mobisell e de outras empresas que estão mudando o mercado de seguros no Insurtech Brasil 2018, inscreva-se aqui.

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.