Por Júlia Lewgoy

Eles prometem acabar com a complexidade dos produtos tradicionais de bancos e viraram os queridinhos dos consumidores por investir em transparência. Os cartões vinculados a contas 100% digitais encantam pelo design, pelos apps intuitivos e pela promessa de cobrar menos taxas. O mais famoso deles, o Nubank, já ganhou alguns concorrentes.

O mais recente rival é o Digio, do novo banco CBSS, controlado indiretamente pelo Banco do Brasil e pelo Bradesco. Outros cartões que apostaram em zero anuidade, sem asteriscos escondidos, também entram no páreo, entre eles os dos bancos Neon e Intermedium. Há, ainda, o Conta Um, um cartão pré-pago que também concorre com o Nubank.
Mas fique atento! Nenhum deles tem a função débito automático e, para sacar dinheiro, você pode ter que pagar as taxas cobradas pelas redes dos terminais de autoatendimento. Com tantas opções no mercado, como escolher o cartão mais vantajoso. 

1. Nubank


Modalidade: Só crédito Bandeira: MasterCard internacional Taxas: Não tem taxa de anuidade nem nenhuma outra tarifa Juros do crédito rotativo: Varia entre 2,75% e 14% ao mês, conforme o cliente Programa de pontos: Em breve, o Nubank lançará seu próprio programa de fidelidade, o Nubank Rewards, que permitirá trocar pontos acumulados no cartão por passagens aéreas, diárias em hotéis, viagens da Uber e serviços do Spotify e da Netflix. No entanto, quem quiser fazer parte do programa terá que pagar uma anuidade de valor ainda não revelado pela empresa. Cadastro: Só consumidores maiores de 18 anos, que moram no Brasil e têm um smartphone podem ter o cartão. Você precisa entrar em uma lista de espera e, para isso, precisa fazer um pedido no site ou ser indicado por alguém que já é cliente. A cada semana, o Nubank libera uma quantidade limitada de convites. A aprovação pode demorar até 90 dias, mas normalmente acontece antes desse prazo. App: No momento da compra, o usuário recebe uma notificação e ela vai para a linha do tempo do app. O usuário pode classificar e filtrar seus gastos, por categorias, tags e emojis. Também pode conferir o saldo, o limite e as faturas em tempo real. Também dá para bloquear e desbloquear o cartão direto do aplicativo e ver em detalhes, por exemplo, o IOF, a taxa de câmbio e os parcelamentos da transação. O app foi pensado para o usuário resolver tudo sozinho, mas disponibiliza atendimento por chat, e-mail, telefone e redes sociais. O atendimento é feito 24 horas por dia, 7 dias por semana.
2. Digio


Modalidade: Só crédito Bandeira: Visa internacional, mas em breve a plataforma será multibandeiras Taxas: Não tem anuidade nem outras tarifas, a não ser em casos de aumento emergencial de limite, em que é cobrado 4,99 reais Juros do crédito rotativo: O Digio não tem crédito rotativo, mas oferece uma opção de parcelar a fatura em até 12 vezes, com o objetivo de facilitar o controle financeiro dos usuários, que conseguem prever seu fluxo. Nesse caso, a taxa de juros do parcelamento é de 7,9% ao mês, mais juros de atraso de 10,99% e multa de 2% ao mês, se o consumidor não pagar a parcela. Programa de pontos: Ainda não tem, mas deve lançar em breve em parceria com o programa de fidelidade Livelo Cadastro: Qualquer um pode baixar o app e solicitar um Digio. O cadastro é 100% digital. Depois de baixar o app, o tempo médio para que o consumidor saiba se foi aprovado é de até 15 dias. Se a proposta for aprovada, o cartão é enviado em até 12 dias úteis para o endereço informado. A idade mínima para adquirir um cartão de crédito é 18 anos. App: O app permite solicitar o cartão de crédito, acompanhar todos os gastos em tempo real, bloquear e desbloquear o cartão e controlar seu limite. Também dá para visualizar sua fatura em tempo real, verificar a localização de cada uma de suas transações, alterar a data de vencimento e parcelar sua fatura de forma descomplicada. O atendimento do Digio pode ser feito via chat, direto do aplicativo ou também por e-mail e telefone.
3. Neon


Modalidade: Só débito Bandeira: Visa internacional Taxas: Não tem taxa de anuidade, e os primeiros saques, transferências (via TED) e boletos de cada mês são gratuitos. A partir da segunda operação no mês, o usuário paga 6,90 reais por saque na rede 24 horas, 3,50 reais por transferência e 2,50 para emitir boleto. Juros do crédito rotativo: Não tem crédito rotativo, pois é um cartão só de débito Programa de pontos: Não tem programa de pontos próprio Cadastro: É totalmente online e qualquer um pode ter o cartão, desde que tenha um smartphone com câmera frontal e seja maior de 18 anos. O cliente é avisado pelo próprio app assim que o cadastro é aprovado. App: O usuário pode verificar o saldo, transferir dinheiro, pagar contas e analisar os seus gastos separados por categoria. O atendimento aos clientes é disponível 24 horas, todos os dias, via chat pelo app, pelas redes sociais ou por telefone.
4. Intermedium


Modalidade: Débito e crédito Bandeira: MasterCard internacional Taxas: Não tem taxa de anuidade nem nenhuma outra tarifa Juros do crédito rotativo: 5% ao mês Programa de pontos: Não tem programa de fidelidade próprio Cadastro: Qualquer pessoa pode se cadastrar pelo aplicativo para abrir a conta e receber o cartão. Para habilitar a função crédito, é preciso passar por uma análise do banco, já que os limites variam de um cliente para o outro. App: Além de permitir fazer transações bancárias pelo celular, inclusive pagamento de contas e investimentos, o app disponibiliza acompanhar os lançamentos das compras em tempo real, automaticamente categorizadas. Também dá para consultar o saldo e bloquear o cartão pelo aplicativo.
5. Conta Um


Modalidade: Débito pré-pago Bandeira: MasterCard internacional Taxas: Cinco reais por mês, se houver movimentação na conta, mais 4,90 reais por operação de transferência (DOC e TEC), tanto para usuários do Conta Um quanto para outros bancos Juros de crédito rotativo: Não tem crédito rotativo, porque é um cartão de débito pré-pago Programa de pontos: Não tem programa próprio Cadastro: É preciso criar uma conta pelo site ou app. Basta informar CPF, nome completo, número de telefone e e-mail, além de criar uma senha. É possível se cadastrar utilizando o login do Facebook. Uma vez criada a conta, você pode solicitar seu cartão, que deve chegar até você em poucos dias, e carregá-lo. É possível fazer o cartão mesmo com nome negativado ou sem comprovação de renda e de residência 

App: Permite fazer transferências de valores (TED e DOC para qualquer banco e para outros usuários do Conta Um), pagamento de contas e recarga de celular. É possível fazer o cartão mesmo com nome negativado ou sem comprovação de renda e de residência. O usuário pode se comunicar com o Conta Um por aplicativo, site redes sociais ou telefone.

Artigo escrito por Júlia Lewgoy para a Exame

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.