F(x) fornece ambiente favorável unindo empresas e financiadores de forma inteligente e otimizada

A fintech F(x), startup que une financiadores e empresas em busca de investimentos, recebeu um investimento de R$ 10 milhões da e.Bricks Ventures e mais dois investidores institucionais não divulgados.  Assim, a F(x) entra para a lista de aportes em fintechs brasileiras em 2018, unindo-se a Koin e a BizCapital. Existe no mercado diversas empresas em busca de investimentos e financiadores em busca de empresas que ofereçam um bom potencial de crescimento e sucesso. Pensando nisso, a F(x) oferece uma plataforma de busca por crédito para médias e grandes empresas. Ela utiliza tecnologia de “matching” para tornar esse processo mais inteligente, rápido e efetivo, unindo deste modo empresas e financiadores que de outra forma talvez nunca se encontrassem.

Segundo Dan Cohen, fundador e CEO da F(x), a startup optou por tomar o aporte de capital em tranches e deve utilizá-lo para expandir e desenvolver as áreas de marketing e comercial da fintech. Além disso, a F(x) usará os recursos do investimento para lançar a plataforma de SaaS da startup, cujo objetivo é digitalizar todo o relacionamento de médias e grandes empresas do mercado financeiro.

Dan Cohen explica que esse relacionamento não se limita a crédito. A F(x) percebeu uma demanda por parte de empresas de maior porte que já têm acesso a linhas de financiamento, mas demonstraram interesse em usar a plataforma da startup para centralizar operações como as de crédito, câmbio, recebíveis, fianças bancárias, repasse do BNDES, etc. “Esse é um produto de assinatura para heavy users de serviços financeiros”, explica Dan.

A F(x) também deve utilizar os recursos para desenvolver e lançar novos produtos como um módulo de gestão de recebíveis que otimizará a alocação de recebíveis de forma automática para os empresários. “Hoje esse processo é 100% manual e sem nenhuma otimização, dashboards inteligentes que selecionam produtos financeiros com base nas características da empresa para os quais ela está pré-qualificada.”

A e.Bricks, gestora de venture capital e uma das responsáveis pelo aporte na F(x), já realizou mais de 20 investimentos no Brasil e na América Latina. Já a F(x) se destacou no setor de crédito no ano passado alcançando R$ 593 milhões em propostas de financiamento e somou mais de 150 usuários financiadores.

 

 

Quer conhecer mais sobre as fintechs que estão mudando o setor de Crédito no Brasil? Participe do Cred-Tech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.