A Ideal anuncia o recebimento de um aporte de R$ 100 milhões, em rodada Series A liderada pela Kaszek Ventures. O investimento, por uma participação minoritária na corretora, aguarda aprovação pelo Banco Central. 

Lançada em 2019 com a missão de se diferenciar no mercado de intermediação financeira com adoção de tecnologia de ponta para o investidor institucional, a Ideal tem uma operação lucrativa desde seu nascimento – e se consolidou entre as três maiores corretoras do Brasil por volume operado. A injeção de capital permitirá que a empresa amplie e diversifique a base de clientes e expanda sua atuação a outros segmentos e produtos. 

“Nosso modelo inicial se provou rapidamente e somos lucrativos. Estamos captando para acelerar nosso processo de crescimento e começar a atuar em outras linhas de negócio, em setores nos quais vemos oportunidades de ganhos de eficiência e escala através de nossa tecnologia”, diz Lucas Cury, COO da Ideal. 

No mercado institucional, a Ideal tem se diferenciado por seu processo totalmente digital e sem intervenções humanas, que encarecem produtos e aumentam os riscos operacionais. 

Com o reconhecimento no segmento institucional, a próxima grande aposta da corretora é a entrada no mercado de varejo. “Estamos desenvolvendo o projeto para a atuação no varejo e nos manteremos fiéis à nossa essência: oferecer a melhor infraestrutura tecnológica, empoderar o cliente e eliminar o conflito de interesses, alinhando seus ganhos aos do prestador de serviços. A julgar pelo que conquistamos até agora, nossa visão tem se confirmado”, diz Nilson Monteiro, CEO da corretora. 

Para continuar essa jornada, a corretora encontrou na Kaszek Ventures o parceiro ideal. “Buscamos mais do que um investidor, queremos construir algo juntos. A opção pela Kaszek foi natural: temos o mesmo DNA tecnológico, visão de longo prazo e um alinhamento de culturas”, ressalta Nilson Monteiro. 

“Em um curto período, a Ideal transformou o modo como o investidor institucional opera e comprovou sua tese, o que fica evidente pelos resultados apresentados e pelo fato de ter se tornando uma das 3 maiores corretoras do pais em menos de 1 ano e meio – além do enorme sucesso entre os clientes mais exigentes, locais e estrangeiros”, diz Santiago Fossatti, sócio da Kaszek. “Admiramos a trajetória já trilhada e sabemos que há ainda muito o que conquistar. Mais do que em empresas, a Kaszek investe em times vencedores – estamos felizes em seguir com a Ideal nessa jornada.” 

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.