Investir na bolsa é uma realidade distante para a maioria dos brasileiros. Menos de 1 milhão de CPFs estão cadastrados na Bolsa de Valores, enquanto isso nos Estados Unidos, mais de 60% da população investe em ações. E esse número otimista não impediu um grupo de empreendedores de incentivar ainda mais os investimentos na bolsa. Criado em 2013, o aplicativo gratuito chamado Robinhood transformou a maneira como os norte-americanos investem na bolsa.

Robinhood agora é uma wealthtech consolidada, avaliada em US$ 5,6 bilhões e uma das fintechs mais valiosas do mundo. Em maio deste ano, negociou uma rodada de investimentos série D no valor de US$ 363 milhões, liderada pela DST Global e com participação da Iconiq, Kleiner Perkins, Sequoia e Capital G. Ainda no ano passado, a fintech Robinhood foi avaliada em U$ 1,3 bilhão quando tinha cerca de 2 milhões de usuários. Hoje, contabiliza 4 milhões de usuários e mais de US$ 150 bilhões em volume de transações.

Para especialistas, o rápido crescimento no número de usuários do aplicativo Robinhood mostra uma demanda que antes não era atendida: usuários buscando maneiras mais fáceis de investir na bolsa sem pagar taxas de transação. No Brasil, ainda estamos caminhando para ter cada vez mais investidores em renda fixa, mas a jornada parece mais longa se quisermos abrir o mercado de ações para mais pessoas.

Os robôs-investidores e iniciativas como a abertura da corretora Toro Investimentos são passos importantes nessa jornada de transformar os brasileiros em investidores em vez de poupadores. E as wealthtechs brasileiras que estão participando desse movimento estão chamando cada vez mais atenção dos fundos de investimentos lá fora.

Aqui no Brasil já tivemos várias iniciativas de fomento de fintechs, mas agora chegou a hora do mercado olhar para a indústria de investimentos e como podemos inová-la. Leia mais sobre as fintechs que estão participando da transformação nesse setor aqui.

 

 

Quer conhecer mais sobre as fintechs que estão mudando o setor de Crédito no Brasil? Participe do Cred-Tech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.