A Lemonade, uma startup de seguros, levantou US$ 300 milhões em um acordo liderado pelo SoftBank Group, anunciou a empresa hoje. Embora a empresa fintech não esteja divulgando sua avaliação, uma fonte diz que esse investimento eleva seu valor para mais de US $ 2 bilhões.

Com esta última rodada de financiamento, a Lemonade levantou US $ 480 milhões até o momento. O último aumento da startup ocorreu em dezembro de 2017, quando houve uma valorização de cerca de US $ 600 milhões. O Lemonade apareceu recentemente na lista Fintech 50 2019 da Forbes, bem como na lista de 2018 das Start-Billion-Dollar Startups.

Lançada em 2016, a plataforma móvel e on-line da startup oferece alguns dos menores preços de seguros nos Estados Unidos, começando com US$ 5 por mês para o seguro de locatários. Fundada por Daniel Schreiber e Shai Wininger, a empresa opera atualmente em 22 estados, além de Washington, D.C.

Com o novo financiamento, a empresa planeja se expandir para a Europa, bem como para outros estados dos EUA. Embora baseado principalmente em Nova York e Tel Aviv, Schreiber diz que a empresa já montou uma sede européia em Amsterdã. A Allianz, a General Catalyst, a GV, a OurCrowd e a Thrive Capital também participaram da atual rodada de financiamento.

“Não estamos procurando criar um pequeno fornecedor de tecnologia ou qualquer outra coisa neste espaço”, diz Schreiber. “Estamos procurando criar uma companhia de seguros dominante e habilitada tecnologicamente em uma base global”.

Fonte: Forbes

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.