Diferente de Google e Facebook, que recebem os seus dados e você não ganha nada por isso, com a DriveOn você será recompensado com ativos digitais por todos os dados de mobilidade veicular que você enviar para a plataforma. 

Já imaginou poder utilizar o tempo que você gasta dirigindo para, por exemplo, poder ganhar descontos no seguro do seu carro ou gravar o modo como você dirige e trocar esses dados por descontos, benefícios no marketplace da plataforma, gerar relatórios para melhor negociação do seu veículo ou, até mesmo, através das exchanges parceiras, trocar por criptomoedas ou dinheiro?

Pois o token Cryptomiles, lançado pela StartUp DriveOn, possui essa proposta que pretende inovar na forma como os dados produzidos por motoristas são utilizados, dentro de um ecossistema que recompensa bons comportamentos no trânsito e a boa manutenção do veículo, sendo assim capaz de melhorar a forma como os motoristas conduzem seus veículos e contribuindo com um trânsito mais organizado e seguro.

O sistema funciona da seguinte forma: um hardware OBD II é conectado a porta OBD de qualquer veículo fabricado a partir de 2010 (instalação plug and play) e, a partir desse momento, esse hardware coleta os dados de comportamento do motorista. Esse hardware também registra dados sobre a condição de componentes, como freios, bateria, ou seja, todo esse material pode traçar um perfil sobre o condutor e sobre o automóvel. Esses dados são enviados à nuvem e registrados no blockchain.

Em relação à condução do veículo, o aplicativo além de monitorar a forma como o carro está sendo dirigido, também orientará o motorista, avisando sobre formas de frenagens, curvas fechadas ou distanciamento do carro da frente, por exemplo. Tudo isso estimula os condutores a terem uma condução mais segura e eficaz, corrigindo possíveis atitudes impróprias no trânsito e assim colaborando para um fluxo mais preciso e fluído nas cidades.

Já sobre os dados de condições de componentes dos carros, o aplicativo pode coletar os dados sobre o estado de componentes, também orientando e incentivando os proprietários dos veículos a fazerem manutenções preventivas. Consequentemente o ato de manter a boa condição do bem pode valorizar seu valor agregado, que vai ser comprovado pelo relatório de dados de monitoramento do veículo (disponível também no aplicativo).

Os dados terão a garantia de sua veracidade e confiança garantidos pela Blockchain. Sendo assim os token Cryptomiles contribuem para a construção de um sistema de confiança que pode até reduzir os custos de diversos serviços, devido a análise de perfil de condutor e veículo.

Um outro aspecto a ser considerado é de que os utilizadores de carros podem comercializar seus dados coletados pelo aplicativo na plataforma, recebendo token Cryptomiles, e assim disponibilizando-o para empresas parceiras que podem trocar por descontos ou outros benefícios.

Portanto assim como já desfrutamos de inovações ligadas à Blockchain como, por exemplo, cadeias de suprimentos monitoradas, rede de certificações, agora vamos nos beneficiar com o ecossistema Cryptomiles, projetado principalmente para melhorar o comportamento do motorista e as condições dos veículos nas cidades, mas que devido suas características pode agregar valor ao carro e melhorar a análise de perfil de condutores em diversos contextos de utilização dessas informações.

A DriveOn,  fundada por Expedito Belmont, Marcio Pessoa e Rodrigo Bezerra, é uma empresa que nasceu em Manaus, no Amazonas, mas se registrou em Florianópolis, Santa Catarina, em função da grande oportunidade de ser acelerada pela Darwin Startups, a melhor aceleradora do país, de acordo com a Associação Brasileira de Startups. A Darwin Startups, em função dos seus parceiros corporativos: a Neoway (maior empresa de Big Data do país), a CNseg par (braço da Confederação Nacional das Seguradoras, responsável por investimento em inovação), a RTM (maior prestadora de infraestrutura para a Bolsa de Valores do país) e a B3 (a própria Bolsa de Valores), possibilitou à DriveOn o acesso ao mercado de seguros e o aperfeiçoamento do modelo de negócios para emplacar no Brasil o Seguro Baseado em Uso. Em sua jornada, já com a proposta do Cryptomiles em mãos, a DriveOn também foi acelerada e graduada pelo InovAtiva Brasil (programa de inovação do Governo Federal), pelo Oracle Scaleup Ecosystem ( programa global da Oracle que escolheu apenas 6 empresas para o capítulo Brasil), pelo Startup School (escola de pré-aceleração da Y Combinator, uma das maiores aceleradoras do mundo), pela Liga Autotech ( tendo acesso a quatro grandes corporações automobilísticas – Mercedes-Benz, EATON, CUMMINS, Webmotors) e foi considerada a 39ª startup mais inovadora da América Latina pelo Innovation Awards Latam. Conheça o projeto Cryptomiles pelo site www.cryptomiles.me

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.