Fabiana Tocci, diretora Jurídica da MarketTrends, alerta sobre a necessidade das fintechs terem maior gestão de risco, se não quiserem “fechar as portas” 

Com as novas regras estabelecidas pelo Banco Central (BC), as fintechs precisarão, o quanto antes, transformar a gestão de seus processos para atender às novas demandas. As mudanças ocorrem em meio a uma explosão de bancos digitais na América Latina, com um número crescente de startups financeiras que competem pela atenção dos consumidores. Apenas no Brasil existem mais de 1,2 mil fintechs, segundo dados do estudo Inside Fintech da consultoria Distrito, e muitas delas podem sucumbir por não serem capazes de seguir um cenário de regulação mais rígido.

“É natural que depois da inovação venha a regulação. Isso já era amplamente esperado e discutido. Contudo, muitas fintechs podem não estar preparadas para um Banco Central mais vigilante. Muito foi investido com vistas no cliente final, em tecnologia para a ponta, para a entrega de serviços financeiros modernos. Agora é preciso dedicar ainda mais energia no aprimoramento de controles internos, na gestão da governança e dos riscos. Afinal, o que está em jogo é a continuidade dos negócios”, explica Fabiana Tocci, diretora Jurídica da MarketTrends, distribuidora oficial da GlobalSuite no Brasil.

Segundo Fabiana, há uma necessidade urgente de se ter uma visão 360º e data driven do negócio. Em uma realidade movida pela transformação digital, são muitas as fintechs que ainda realizam controles manuais, como a anotação de dados fundamentais para o negócio em planilhas ou mesmo em meios físicos. “As fintechs nasceram com espírito tecnológico, para desburocratizar e trazer inovações para os sistemas bancário e financeiro brasileiro. É algo um tanto contraditório confiar em métodos tão passíveis de erros”, completa a executiva.

O maior entrave, sem dúvidas, é a questão de se construir um ambiente que esteja em compliance com as novas regras do Banco Central. Não se pode ter margem para riscos operacionais. Nem cair em problemas sérios como a não adequação à LGPD ou apresentar brechas de segurança digital. Além de multas pesadas, a confiança, tanto de clientes como de investidores, pode ser irreversivelmente abalada.

A melhor maneira de alcançar a conformidade e garantir a continuidade de um negócio é a utilização de tecnologias disruptivas. Elas são fundamentais para a escalabilidade da operação de uma fintech. A inovação trazida por uma ferramenta tecnológica ajuda a otimizar a gestão e reduzir incertezas de risco, segurança, continuidade, auditoria e conformidade. “O resultado é uma fintech capaz de ser uma organização com resiliência e sustentável para gerenciar a conformidade exigida pelo Banco Central hoje e no futuro”, conta Fabiana.

Contar com plataformas que ajudem na gestão de questões críticas de Governança, Risco e Compliance, como a solução GlobalSuite, permite também uma análise e controle das incertezas, estabelecendo processos de rastreabilidade, monitoramento e melhoria contínua.  “Para empresas que já nasceram digitais, conectividade é tudo. O sistema precisa ser ágil, fazer a gestão de riscos residuais e passar confiança tanto para os clientes como para acionistas”, finaliza.

Painel para fintechs

Para debater mais sobre o tema, a Market Trends está promovendo no próximo dia 12 de julho das 10h às 11h o painel gratuito e on-line “Gestão de Riscos e Compliance em Fintechs: um debate sobre continuidade de negócios” com a participação do Head de Novos Negócios da Market Trends, Edvaldo Almeida; o Compliance da Bitso, Manuel Fletes; o Gerente da área de Riscos e PLD-CFT do PicPay, Alexandre Camargo; e com a mediação da editora-chefe da Fintechs Brasil, Léa de Luca. Inscrições no site.

Sobre Market Trends

A MarketTrends é uma distribuidora de alto valor agregado que reúne em seu portfólio uma ampla gama de produtos e serviços de marcas líderes globais e locais, baseada nos pilares tecnologia, processos e pessoas, desempenhando um importante papel na estratégia de empresas que buscam conformidade em seus processos para alavancar resultados. Da venda à implementação e suporte, a empresa conta com a expertise de uma equipe sênior para ajudar seus clientes a inovar suas operações, superar as barreiras de adoção e vencer em um ambiente cada vez mais complexo, dinâmico e competitivo. Para saber mais, acesse o site.

Sobre a GlobalSUITE Solutions

A GlobalSUITE Solutions é uma empresa espanhola, presente em mais de 30 países, empenhada em fornecer e implementar soluções para o gerenciamento de Risco, Segurança, Continuidade, Conformidade Legal, Auditoria, Privacidade, entre outros. São mais de 15 anos de experiência oferecendo consultoria especializada e auditoria para empresas em diversos setores como Finanças, Seguros, Industrial, Transporte, Telecomunicações, Energia, Público etc. Paralelamente, a empresa desenvolveu a GlobalSUITE® há mais de 10 anos, seu software abrangente para sistemas de gerenciamento. Atualmente, fornece soluções para as empresas através das seguintes linhas de serviço: software, consultoria, auditoria, serviços avançados e gerenciados. Seu objetivo é tornar as empresas mais seguras e gerenciar sua conformidade da maneira correta. Para saber mais, acesse o link.

Quer uma dica?

Faça parte do principal encontro da comunidade de inovação e tecnologia em seguros no dia 21 de junho. Saiba mais clicando aqui ou acessando www.insurtechbrasil.com

Aproveite o desconto de 15% para nossos leitores por tempo limitado. Use o código conexaofintech ou clique aqui e garanta sua vaga.