O foco na experiência do usuário é uma das principais características que diferem as fintechs dos bancos tradicionais. Muito se fala sobre a adoção de tecnologias inovadoras, user experience e mobile-first, mas um ponto-chave na revolução das fintechs é a preocupação com a jornada do usuário. Quais são suas dores? Que problemas as soluções tradicionais não estão resolvendo?

A Vérios, fintech de gestão automatizada de investimentos (robo-advisory), percebeu que a falta de conhecimento e experiência do público-alvo com investimentos era um entrave na hora de explicar como funciona o seu serviço. A startup, que já era adepta da produção de conteúdo como forma de atrair clientes, resolveu dar um passo além e criou um curso gratuito com videoaulas que ensinam noções básicas sobre investimentos.

Linguagem descomplicada e descontraída

O curso consiste em um conjunto de videoaulas enviadas diariamente por e-mail para os inscritos, durante sete dias. O diferencial é a linguagem descomplicada e descontraída adotada pelas apresentadoras do curso, a economista Ana Vitória Baraldi e a jornalista Isabella Paschuini, ou Aninha e Isa, que fazem parte da equipe da startup. Em apenas oito semanas, quase 4.000 pessoas já completaram ou estão fazendo o curso.

A iniciativa da Vérios tem o objetivo de educar as pessoas que deixam seus recursos parados na caderneta de poupança e despertar nelas o interesse por investir melhor. Para isso, os temas são abordados em tom de conversa, sem “financês”. A intenção é empoderar qualquer pessoa que queira aprender a cuidar melhor do dinheiro poupado e escapar das armadilhas do mercado financeiro.

curso-investimentos-iniciantes.png

Ana Vitória Baraldi e Isabella Paschuini (ou Aninha e Isa!) apresentam o curso

“Educação financeira sempre foi um compromisso da Vérios. Mantemos há cinco anos um blog que é referência no tema investimentos e já lançamos diversos e-books e planilhas de planejamento financeiro. Idealizamos o curso após perceber que muitas pessoas que chegavam até nós não conheciam conceitos básicos, como diversificação de investimentos. Muita gente não sabe sequer quanto paga para investir nos fundos que o gerente do banco recomenda. É preciso acabar com essa distância que o mercado financeiro dos engravatados impõe. Precisamos incentivar uma conversa aberta porque todos precisam saber como investir dinheiro de forma segura e inteligente”, ressalta Felipe Sotto-Maior, cofundador e CEO da Vérios.

Quem completa o curso é convidado a simular os investimentos no site da Vérios.

Avaliação no estilo Netflix

Na pesquisa de avaliação enviada às pessoas que concluíram o curso, 98% afirmam que as aulas ajudaram a compreender os conceitos básicos sobre investimentos. Das pessoas que ainda mantinham os recursos na caderneta de poupança, 95% disseram ter mais segurança para migrar para alternativas mais rentáveis após concluir o curso.

Na linha de descomplicar e se aproximar do público, a startup pergunta ainda: se o curso fosse uma série da Netflix, que nota você daria? Por enquanto, a nota está em 4,6, segundo a Vérios.

Para se inscrever no curso e conhecer a iniciativa da Vérios, clique aqui.

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.