O mercado de fintechs vem crescendo ano a ano e o Brasil tem se tornado um dos protagonistas na América Latina em tecnologia financeira. O país já possui mais de 500 fintechs, sendo que aproximadamente 150 delas foram fundadas no ano passado. Estima-se um crescimento anual de 22,7% para os próximos cinco anos, com movimentação de U$$ 305,7 bilhões, segundo dados da ResearchAndMarkets.

De olho nesse mercado, a Husky selecionou algumas empresas que tem se destacado nesse mercado e são conhecidas por serem facilitadoras de pagamentos para o consumidor final e também para as empresas. Confira!

Husky – O app facilita a vida de quem precisa receber pagamentos profissionais de empresas estrangeiras, suportando pagamentos enviados de mais de 200 países e em 37 moedas. Enquanto o mercado tradicional cobra várias taxas para esse tipo de serviço, como IOF, spread, manutenção de conta e taxas fixas, a Husky trabalha com uma porcentagem dinâmica que é reduzida pela indicação de amigos, chegando até à taxa zero, ou ainda gerando cashback para seus clientes. A fintech também introduziu recentemente o conceito de Empresa Digital, oferecendo serviços de contabilidade e assessoria jurídica e tributária, reduzindo drasticamente a burocracia que um profissional liberal enfrenta para atender clientes brasileiros ou internacionais.

Transfeera – Fundada em 2016, a Transfeera foi criada com o propósito de redução dos custos das taxas de TEDs e DOCs para seus clientes e parceiros. Atualmente a empresa atende clientes de variados segmentos e hoje se posicionam como um sistema de gestão e processamento de pagamentos que gera economia a cada transferência realizada entre diferentes bancos, permitindo que seus clientes reduzam os riscos e esforço operacional que geram ainda mais gastos.

Juno – Intermediadora de pagamentos para empresas de qualquer tamanho, que possibilita cobranças com CPF ou CNPJ, controla pagamentos pelo aplicativo, envia cobranças por e-mail, SMS ou WhatsApp aos clientes, que podem escolher se pagam por boleto ou cartão, entre outras funcionalidades. Tudo sem ter a necessidade de uma carteira de cobrança bancária.

Quanto – Criada em 2015, é uma plataforma ponta-a-ponta de open banking do Brasil, conectando bancos, fintechs e seus usuários de forma ágil e segura. Com sede em São Paulo, a empresa disponibiliza ferramentas e soluções para a construção de produtos e serviços financeiros inovadores, controlados pelo usuário final por meio de um único aplicativo. A empresa foi pioneira ao lançar em 2018 o primeiro Internet Banking multi-banco do Brasil.

Conta Black – Primeira conta digital voltada para o empoderamento financeiro de pessoas desbancarizadas que aposta nas fintechs também como um negócio de impacto social para democratizar o acesso a serviços financeiros. Com a conta é possível fazer transferências, cobranças e pagamentos. Ela também oferece cartão de crédito.

Quer conhecer mais sobre as fintechs que estão mudando o setor de Crédito no Brasil? Participe do Cred-Tech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.