Por João Paulo Oliveira

Nós últimos três anos, tenho dedicado significativa parte do meu tempo ministrando cursos e palestras sobre Blockchain e Bitcoin no geral. Estimo que já tenha ajudado a instruir mais de duas de mil pessoas sobre o assunto. Eu já tive algumas experiências como docente anteriormente, mas Blockchain é o assunto mais sutil (e profundo) que já me dispus a ensinar, os conceitos básicos da tecnologia são abstratos e com frequência percebo o quanto iniciantes tem dificuldade para assimilá-los. Dentre as diversos tópicos dentro de Blockchain, Smart Contracts é um dos assuntos mais fascinantes e que eu observo mais entendimento errôneos. Por isso, resolvi listar aqui os mal entendidos mais comuns a respeito de smart contracts que vejo pessoas comentando:

1)     Smart contracts não são Ricardian contracts

Ricardians contracts são uma representação semântica digital de um acordo entre contrapartes. Diferente dos smart contracts eles não são auto executáveis. Ricardian contracts também podem rodar em um ambiente de Blockchain, com ou sem um smart contract envolvido. Exemplos de Ricardian contracts em Blockchain são aplicações multitsig (endereços de Bitcoin que precisam de mais de uma diversas assinaturas para realizar uma transação) ou aplicações que trabalham com registros em Blockchain sem serem garantia de execução do contrato. Um exemplo de contrato desse tipo que já poderia ser posto em prática: uma aplicação de derivativos na Bolsa de Valores, os ricardian contracts poderiam fazer todo o registro e clearence, mas sem a liquidação dos valores(que para isso precisam de um token digital representando os valores). Contratos desse formato não são smart contracts, no conceito definido originalmente por Nick Szabo, visto que a principal propriedade dos smart contract é serem auto executáveis.

2)     Smart contracts não usam inteligência Artificial

Smart Contracts representam meramente lógica de negócio de forma objetiva e direta ativada por um ‘gatilho’( evento). Aplicações de Inteligência Artificial tem pouca ou nenhuma relação com smart contracts. Smart Contracts tem lógica clara e direta, no modelo ‘IF THEN ELSE’

3)      Smart contracts não são a mesma coisa que Blockchain Application

Blockchain applications ou aplicações descentralizadas(dapps) podem e geralmente incluem um smart contract em Blockchain, contudo a reciproca não é verdadeira. Um dapp é uma aplicação real como um site, por exemplo, que roda em um ambiente de blockchain e tem suas lógicas de negócios rodada de forma distribuída. Smart Contracts não possuem interface clicável pelo usuário final, contendo apenas regras de negócio.

4)     Smart Contracts não são exclusivos para desenvolvedores

Embora a maioria das ferramentas para para a criação de smart contract sejam voltadas a desenvolvedores, a próxima geração de tecnologia será baseada em ‘smart contracts mark-up languages’, linguagens formais de alto nível especifica para a construção de contrato que são bem mais simples que linguagens de programação usuais. Isso permitira que advogados ou pessoas não-tecnicas orientadas a negócio consigam criar smart contracts e rodá-lo em blockchain.

O que acharam das dúvidas? Tem mais algum erro conceitual de entendimento que você já tenha obervado sobre smart contracts? Me avisa aqui que eu adiciono no post.

P.S.: Quer aprender mais sobre o assunto? A FIAP vai lançar um curso de desenvolvimento de smart contracts ainda em Fevereiro desse ano, fique de olho!

João Paulo Oliveira
João Paulo é especialista em blockchain, Sócio da foxbit, maior empresa de bitcoin do Brasil. Possui mestrado e graduação em ciência da computação pela Universidade Federal de Pernambuco. Futurista pela singularity university.  João também é professor de blockchain na FIAP e atua como evangelista no assunto em diversas empresas e bancos no Brasil.

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.