Evento contou com a participação de palestrantes representando toda a cadeia do setor

Mais de 600 representantes de fintechs de crédito, instituições financeiras e empresas apoiadoras do setor se reuniram no último dia 19 para a segunda edição do Cred-Tech Brasil, em São Paulo. O evento teve como missão desenvolver o ecossistema de fintechs de crédito no Brasil e oferecer insumos para a inovação no mercado de crédito.

Segundo o Conexão Fintech, organizador do evento, a edição de 2019 se focou em traçar caminhos para o futuro do crédito sob a perspectiva de cada elo da cadeia.

Uma das palestras de destaque no evento, a do chefe de Divisão no Departamento de Resolução e de Ação Sancionadora do Banco Central do Brasil, Fabio Lacerda Carneiro, levou para os participantes o ponto de vista do regulador.

Com o tema “Inovação e o Futuro da Regulação no Crédito”, o executivo salientou que não adianta apenas autorizar, mas é preciso também operar as fintechs de forma segura. Ele lembrou que o mercado de crédito para Pessoa Jurídica (PJ) é extremamente concentrado. Segundo dados apresentados, 87% dos créditos voltados para grandes e médias empresas e apenas 13% para pequenas e micros, sendo que estes ainda pagam taxas maiores.

Como a taxa de inadimplência é maior para pequenas e microempresas, Lacerda destacou a importância de se investir na educação financeira para esse público. “Quando convidamos as fintechs de crédito para entrarem no sistema financeiro nacional nós também estamos convidando a colaborar com esse esforço de estimular e pôr em prática a educação financeira do cidadão”, explica. 

O executivo do Banco Central defende que o mercado de crédito deve se apoiar em quatro pilares: inclusão, competitividade, transparência e educação. 

Sobre o pilar inclusão, Lacerda lembra da importância de inserir a população brasileira no mercado de crédito, e que isso está, inclusive, da Agenda BC#. “Vou incentivar a derrubada de barreiras, incentivar que novos players entrem no mercado com propostas diferentes, propostas que sejam mais inclusivas”, afirma o executivo. 

A Cred-Tech Brasil é um evento realizado pelo Conexão Fintech e pela Pluvon. O encontro contou com patrocínio da B3 e Stark Bank na categoria Silver e S&P Global Ratings, PwC Brasil, BizCapital, Bcredi, Quod, WEEL, Serpro e Fialdini Advogados na categoria Bronze. Na categoria de startup oficial o evento teve apoio de Viver de Crédito, Combate a Fraude, CredMobi, Fincore, CrediHome, Peak Invest, Renova Imóvel, Juditech, Crédito Folha, Iouu, Lemit, Revict e Livre Soluções Financeiras.

Quer conhecer mais sobre as fintechs que estão mudando o setor de Crédito no Brasil? Participe do Cred-Tech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.