100% digital, Adianta é capaz de avaliar crédito rapidamente, permitindo conclusão da operação em minutos

Com a proposta de desburocratizar a experiência de concessão de crédito para PMEs, a Adianta entrou no mercado quando seus fundadores identificaram um gargalo no mercado financeiro para a captação de créditos por parte dessas empresas, seja pelo tamanho do negócio ou pelo seu tempo de operação. 

100% digital, a fintech tem atendido, desde a sua fundação, em 2016, toda a cadeia produtiva — indústrias, distribuidores e atacadistas. Dentre seus diferenciais frente às outras fintechs e aos próprios bancos de varejo, estão as taxas competitivas e sem impostos, o cadastro totalmente grátis, do qual o cliente só paga se operar, além da transparência e conveniência. “A conveniência é uma das nossas propostas de valor, já que o pequeno e médio empreendedor pode consultar a plataforma em qualquer lugar e horário. Não temos horário comercial, por exemplo, então estamos em operação 24 por 7”, explica Marco Camhaji, CEO da Adianta.

Através de um algoritmo proprietário, a dinâmica de funcionamento da plataforma é simples e totalmente digital: basta o cliente adicionar o formato XML da nota fiscal de venda, que já é realizada toda a formalização do crédito de uma forma bastante intuitiva. A avaliação é realizada em tempo real, sem burocracia, e o cliente imediatamente tem acesso ao status de seu processo. Atualmente, a startup atende, aproximadamente, 10 mil notas fiscais por mês.

Investimento traz ampliação de atuação
Recentemente, a Adianta recebeu um novo investimento no valor de R$ 8 milhões. Acompanhada dos antigos investidores, como Yellow Ventures e OsherTech, a nova rodada do aporte trouxe os fundos DGF Investimentos e 42K Investimentos, que estruturou um club deal com investidores de fintechs, como a Chromo Investimentos, a Capital Lab e Roger Ingold – ex-CEO da Accenture, e empreendedores, como Sandro Reiss – fundador e CEO da Geru – e Jaime de Paula – fundador e CEO da Neoway.

Com o novo aporte, a fintech planeja promover a ampliação do time de engenheiros de desenvolvimento e da equipe de vendas a fim de aumentar a capilaridade da plataforma, além da criação de novos serviços e produtos voltados para pequenas e médias empresas.

Sobre a Adianta
Fundada em 2016, a Adianta é uma fintech focada em antecipação de recebíveis para pequenas e médias empresas. Dentre seus diferenciais estão a agilidade na concessão de crédito, com resposta em tempo real e sem burocracia, e taxas de juros e tarifas mais baixas em relação a instituições financeiras tradicionais. Em dois anos de operação, a startup recebeu pedidos de cerca R$ 120 milhões em crédito e recebeu investimento de fundos como Yellow Ventures, OsherTech, 42K Investimentos e DGF Investimentos.

Quer conhecer mais sobre as fintechs que estão mudando o setor de Crédito no Brasil? Participe do Cred-Tech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.