A Visa está levando a serio seu foco em inovação, após lançar dois programas de aceleração para startups no Brasil, o aHead em parceria com a Startup Farm e o Visa’s Everywhere Initiative, e montar um laboratório de inovação em São Paulo (confira pelo link), a empresa acaba de abrir um novo escritório no Vale do Silício – epicentro de inovação, disrupção e descobertas de alta tecnologia. Este movimento de grandes empresas irem para o Vale do Silício tem se tornado cada vez mais comum e até empresas brasileiras como o Banco do Brasil estão montando escritórios na região. (conheça mais sobre o laboratório do BB aqui)

Com o objetivo de contribuir para a geração de ideias ligadas à próxima evolução das tecnologias de pagamento, a empresa comemora estar no palco de algumas das maiores revoluções tecnológicas dos últimos tempos, como o primeiro computador pessoal, carros conectados e autoguiados, além das casas inteligentes. O novo escritório atuará como um epicentro que reunirá, em um só local, profissionais de tecnologia, acadêmicos e pensadores globais.

Para a inauguração do novo escritório de Palo Alto, na Califórnia, a Visa convidou seus vizinhos, parceiros e a imprensa para conhecer o espaço.  Al Kelly, CEO da Visa, juntamente com Rajat Taneja, vice-presidente executivo de tecnologia e operações, e Michael Ross, vice-presidente de recursos humanos da Visa, foram os anfitriões do evento.

“Tudo o que fazemos começa e termina com nossa tecnologia e nossos talentos”, diz Kelly. “Só assim podemos continuar na liderança da indústria de pagamento, que avança à velocidade da luz. O novo escritório de Palo Alto é parte do esforço desenvolvido pela Visa para atrair e reter os melhores profissionais e para fomentar a colaboração com organizações do Vale do Silício”.

Taneja reforça como o espaço é importante, “é um componente importante da cultura da empresa. O novo escritório de Palo Alto é realmente uma manifestação de tudo o que aprendemos com nossos espaços de trabalho ao redor do mundo e sobre projetar um local de trabalho propício à colaboração e à livre troca de ideias”. O executivo  falou ainda sobre a nova organização da Visa, a Visa Research, focada nos fundamentos científicos de tecnologias de ponta, como blockchain, criptografia, inteligência artificial e aprendizado profundo de máquina.

“Para nós, é uma grande satisfação estar aqui em Palo Alto”, diz Ross. “Vivemos uma jornada incrível na Visa – especialmente nos últimos anos, focada em talentos e em nossa habilidade de atrair e reter as melhores e mais diversas mentes do mundo. Sentimos que uma das medidas mais importantes a ser tomada seria vir para um local como Palo Alto, para dar continuidade a essa jornada de inovação”.

Com mais de 5.700 metros quadrados divididos em três andares, o novo escritório receberá as equipes de dados, pesquisa, processamento de rede, fidelização e ofertas da Visa. O escritório de Palo Alto permite que a empresa aproveite a diversidade de talentos da Bay Area, ajudando a construir elos mais fortes com os cientistas de dados, engenheiros e empreendedores de amanhã.  Além disso, o novo escritório fará parcerias com várias organizações para promover a educação nos campos da ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM, na sigla em inglês) e com uma série de empresas e entidades sem fins lucrativos, para fornecer recursos e educação na área de tecnologia à grupos sub-representados na indústria.