Nova função dá mais autonomia para guardar e separar dinheiro com definição de objetivos pessoais, como casa própria e reserva de emergência, e conta com possibilidade de rendimento acima de 100% de CDI desde o primeiro dia de aplicação

O Nubank, uma das maiores plataformas digitais de serviços financeiros do mundo, lança um novo recurso de organização e planejamento financeiro para os seus clientes: as Caixinhas personalizáveis no aplicativo. A nova funcionalidade — integrada à conta digital — tem como proposta dar mais autonomia às pessoas e ajudá-las a guardar dinheiro de forma organizada e descomplicada, com diferentes possibilidades de rendimentos e com uma experiência customizada.

Os usuários poderão personalizar cada uma das Caixinhas com nome e foto e guardar seu dinheiro com potencial de rendimento superior ao CDI para acelerar a realização de diferentes planos e sonhos, como comprar a casa própria, fazer uma viagem ou garantir a reserva de emergência. As Caixinhas contam com possibilidades de investimento sugeridas pelo Nubank, de acordo com os objetivos e o prazo pré-estabelecido pelo cliente, mas com liberdade de escolha entre as opções disponíveis. Inicialmente, serão oferecidos RDB, com possibilidade de liquidez imediata (caixinha Reserva de Emergência) ou diária (demais caixinhas) e rendimento de 100% do CDI, e o Nu Reserva Imediata, um fundo com estratégia focada em renda fixa com liquidez diária e potencial de superar o CDI ao longo do tempo. O rendimento dos valores separados em caixinhas ocorre desde o primeiro dia da aplicação e em todos os dias úteis.

Em recente pesquisa realizada pelo Nubank, com mais de 1,2 mil brasileiros da população bancarizada — clientes e não-clientes –, 28% deles afirmam não possuir o hábito de guardar dinheiro. Em outro estudo da empresa — realizado no primeiro trimestre do ano com mais de 11,6 mil clientes –, a falta de conhecimento sobre investimentos/complexidade (45%); a desconexão com o produto/achar que não é para elas (40%); a imprevisibilidade de quando precisará do dinheiro (20%); e o medo de perdê-lo (20%) são as principais barreiras para quem tem dinheiro sobrando, mas ainda não o guarda ou investe de modo intencional. Esta mesma pesquisa revelou que cerca de 49% das pessoas com conta no Nubank precisam de ajuda para guardar mais dinheiro, além de 58% dos respondentes terem afirmado possuir uma meta de valor a juntar a cada mês.

“O Nubank amadureceu junto com os clientes ao longo dos últimos nove anos. Nosso principal objetivo é, cada vez mais, oferecer produtos e serviços inovadores que ajudem a simplificar e organizar a vida financeira das pessoas, dando a elas mais liberdade de escolha”, explica Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank. “Com as Caixinhas, não foi diferente. Já fazia bastante tempo que nossos clientes nos pediam uma solução para guardar e separar dinheiro. Então, começamos a desenvolver a ideia até chegarmos a este modelo”.

A criação das Caixinhas pelo time de produtos do Nubank nasceu como resposta à demanda dos clientes ao longo dos últimos anos nas redes sociais, canais de atendimento e na NuCommunity, espaço online dedicado ao diálogo com clientes. O processo de desenvolvimento incluiu diversas pesquisas qualitativas de clima e de aderência ao produto com grupos de clientes e funcionários da empresa, os Nubankers. “Os nossos estudos mostraram que as Caixinhas podem auxiliar nossos clientes na organização financeira e criar o hábito de guardar dinheiro de forma mais intencional e personalizada, com eficiência e opções de liquidez para que atinjam os objetivos de maneira ainda mais inteligente”, reforça Cristina.

As Caixinhas começam a ser disponibilizadas para uma base reduzida ao longo de julho e devem atingir a totalidade dos clientes com acesso à conta do Nubank no Brasil até o final de setembro.

Rendimento automático retroativo da conta digital 

Com a oferta das novas opções de investimento com rendimento diário por meio das Caixinhas, o saldo de novos depósitos na Conta do Nubank passará a render automaticamente 100% do CDI apenas a partir do 30º dia, de forma retroativa, sem nenhum ganho antes desse período. A mudança ainda acompanha o fato de que há incidência de IOF (Imposto sobre Operação Financeira) sobre valores transacionados de depósitos com menos de 30 dias na conta digital, o que impacta o rendimento real dos clientes.

“O Nubank é movido por eficiência. Perseguimos isso em nossos negócios e também queremos entregá-la às pessoas. Essa evolução nos permite continuar investindo em produtos inovadores, como as Caixinhas, que sejam melhores para o dinheiro e planos dos nossos clientes. Ao mesmo tempo, a nossa conta continua a oferecer a tranquilidade de saber que o dinheiro que fica lá por mais tempo segue rendendo acima da poupança”, explica Cristina Junqueira.

Com a nova regra, no 31º dia o cliente receberá o rendimento total dos 30 dias, como se estivesse rendendo 100% do CDI desde o primeiro dia. A partir daí, passará a ter rendimento todos os dias úteis. Isso se aplica exclusivamente ao saldo dos novos depósitos — ou seja, se o cliente precisar usar parte do montante para algum pagamento ou transferência, o rendimento retroativo e a cada dia útil será aplicado sobre o valor remanescente. Os valores que os clientes já tinham na conta digital antes dessa alteração continuarão rendendo 100% do CDI todos os dias úteis.

A mudança ocorre em um primeiro momento para uma pequena base de clientes, com início em 25 de julho, e será implementada em fases, com liberação para toda a base de clientes no Brasil, de forma gradual.

Quer uma dica?

Faça parte do principal encontro da comunidade de inovação e tecnologia em seguros no dia 21 de junho. Saiba mais clicando aqui ou acessando www.insurtechbrasil.com

Aproveite o desconto de 15% para nossos leitores por tempo limitado. Use o código conexaofintech ou clique aqui e garanta sua vaga.