Uma plataforma online capaz de conectar empresas que precisam de empréstimos com investidores interessados em destinar apoio financeiro a novos projetos. Esse é o papel da Nexoos, startup criada em 2014 e que, no último mês, realizou a primeira rodada de investimentos no Brasil.
A empresa ajudou quatro empresas a captar quase meio milhão de reais com taxas de juros em média 50% menores que em bancos. Foram R$ 437,5 mil de 41 investidores diferentes, que em troca vão receber retornos que variam de 135% a 160% do CDI. Segundo Daniel Gomes, CEO da Nexoos, essa é uma proposta diferente para investimentos, conhecida no exterior como peertopeer. ‘‘Aqui no Brasil são poucas as plataformas que oferecem esse tipo de serviço. Nossa ideia é conectar investidores diretamente com empresas que precisam de crédito. Dessa forma, a empresa consegue uma taxa em média 50% menor do que conseguiria no banco, e, por sua vez, o investidor consegue uma taxa de retorno de até 180% do CDI, muito maior do que CDB ou poupança”, afirma.

Idealizada na Inglaterra, a empresa participou do programa de aceleração do InovAtiva Brasil no segundo semestre de 2015. Segundo Gomes, o contato com os mentores e outros empreendedores foi importante para o amadurecimento da empresa. ‘‘Com o InovAtiva descobrimos o potencial do projeto e fomos direcionados da melhor maneira possível. Como não era e ainda não é um mercado comum no Brasil, temos vários desafios. Mas saímos confiantes no nosso objetivo, que é mostrar que tanto empreendedores quanto investidores só têm a ganhar com a proposta do peertopeer lending’’.

No Brasil, geralmente o banco capta dinheiro de pessoas físicas por meio da poupança ou CDB, por exemplo, e empresta para outras pessoas e empresas a uma taxa muito maior do que captou. Esse é o famoso spread bancário, que no Brasil é o segundo maior do mundo. Para o CEO, a proposta é “desbancarizar” empréstimos e investimentos, deixando essas operações muito mais vantajosas para os dois lados. Leonardo Vieira é diretor do Berçário Mon Petit, uma das empresas que conseguiu a captação de investimento, e conta que, quando precisou de uma linha de crédito para a expansão da escola, se assustou com as taxas exorbitantes dos bancos tradicionais. ‘‘A maior vantagem de ter participado do processo da Nexoos foi conseguir o crédito com uma taxa quase três vezes menor que a dos bancos. Foi rápido, prático e após duas reuniões pessoais, todas as questões foram elucidadas’’, comenta. Segundo Vieira, o contato com os investidores aconteceu com a mediação da Nexoos e todo o processo foi acompanhado pela plataforma.

Gomes ainda reforça que, além de uma taxa de retorno atraente, outro grande diferencial para investidores é a liquidez. “Em investimentos como CDB e Tesouro Direto é preciso esperar o contrato acabar para resgatar seus rendimentos. Na Nexoos, o investidor recebe os rendimentos todos os meses em sua conta bancária. É uma ótima opção para diversificar os investimentos”.

O prazo do investimento depende da solicitação da empresa aprovada, que pode variar de 3 a 24 meses. O processo de seleção é rigoroso, além de uma checagem automática de alguns dados da empresa, a Nexoos realiza uma análise de crédito rigorosa com base nos documentos financeiros enviados pela empresa. ‘‘Esse processo é feito para dar segurança e gerar credibilidade com quem decide investir nas empresas que aprovamos. Só após esse momento é que elaboramos um relatório e então, os investidores podem tomar suas decisões’’, finaliza o CEO.

Para começar a investir é necessário ser brasileiro(a), maior de 18 anos, não ser pessoa publicamente exposta e dispor de pelo menos R$ 10 mil para fazer o aporte inicial em um portfólio de empresas aprovadas. A Nexoos já se prepara para mais uma rodada de investimentos que pretende captar R$ 1 milhão. A partir do dia 17 de outubro, investidores e empresas interessadas devem se inscrever através do site da empresa: www.nexoos.com.br.

Confira o artigo original no site da Inovativa Brasil pelo link

Quer conhecer mais sobre as fintechs que estão mudando o setor de Crédito no Brasil? Participe do Cred-Tech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.