Com o objetivo de avaliar o ano de 2019 e visando às ações do ano que se inicia, cerca de 100 lideranças das Cooperativas Singulares, juntamente com a Diretoria Executiva e colaboradores da Central, estiveram reunidas em Florianópolis (SC), nos dias 3, 4 e 5 de dezembro, para o V Seminário: O Sucesso do Cooperativismo Financeiro Solidário em Tempos Modernos. Na oportunidade, o grupo participou de debates sobre o tema “Inovação, tecnologia e relacionamento para a sustentabilidade no cooperativismo financeiro”.

A programação iniciou na terça-feira, dia 3, com a participação de Arthur Igreja, um dos A’s da plataforma AAA com Ricardo Amorim do Manhattan Connection e Allan Costa, o qual falou sobre “Inovação e tecnologia para o cooperativismo financeiro”. Na sequência, a comitiva de dirigentes da Cresol Sicoper que participou do intercâmbio cooperativo no Canadá, em setembro, compartilhou as experiências das visitas com vista às ações que podem qualificar a atuação da Cresol Sicoper. Para finalizar, as Cresóis Marcelino Ramos e Tiradentes do Sul trouxeram boas práticas realizadas com associados.

Na quarta-feira, dia 4, durante a manhã, José Prado, fundador da Associação Brasileira de Fintechs, trouxe suas percepções sobre o tema “Relacionamento e proximidade com o quadro social como estratégia de sustentabilidade das cooperativas financeiras”. Em seguida, Jean Bergevin, Consultor Sênior da Caixa de Economia Solidária, juntamente com Cledir Magri, Presidente da Cresol Confederação, trouxeram percepções acerca do Planejamento Estratégico da Cresol Sicoper 2021/2025. À tarde, Tiago Peroba, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e Marcio Madalena, da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (MAPA), falaram sobre o “Papel das políticas públicas para a agricultura visando contribuir com a sustentabilidade e inovação para o cooperativismo financeiro”. Ênio Meinen, Diretor Executivo do Bancoob, trouxe suas contribuições sobre “Sustentabilidade no cooperativismo financeiro em tempos de inovação tecnológica”.

Para finalizar as atividades do dia, o embaixador da Cresol, Denílson Show foi o convidado especial, falando sobre os desafios da carreira de ex-jogador e como as diferentes lideranças o moldaram ao longo dos mais de 15 anos de futebol profissional. “O líder tem que fazer o cara se sentir importante. Esse sentimento é fundamental em quem é líder. Às vezes, você perde alguém que tem potencial porque você não disse o que ele precisava ouvir. O Felipão fez isso comigo em 2002, em um momento abatido, ele me trouxe de volta, fez eu me sentir importante para o grupo da Seleção Brasileira e vencemos a Copa do Mundo”, contou.

No terceiro e último dia, a Mapfre Seguros, por meio de Tadeu Vieira, Diretor de Cooperativismo da instituição, trouxe um panorama do mercado de seguros: estratégias de negócios para o cooperativismo financeiro. Na sequência, o grupo estratégico retomou o Planejamento Estratégico, apresentou a projeção de números para 2020 e tratou sobre o tema da governança. Para finalizar o evento, o grupo divertiu-se com o show de humor de Eduardo Christ, com seu personagem Badin, O Colono.

Tiago Peroba, do BNDES, destacou que o crescimento do empreendedorismo trouxe também novos campos de evolução para a relação do Banco com o Sistema Cresol. “É importante a aproximação cada vez maior entre o BNDES e os parceiros, mas as parcerias com as cooperativas de crédito são muito importantes. Dentro do BNDES são importantes não só por atuar com nossas linhas agrícolas, uma prioridade do Banco, mas agora para atuar no fomento ao crédito empresarial no meio urbano. Espero que essa relação com a Cresol continue forte nos próximos anos dentro dessa mudança”, disse Peroba.

José Silva, Diretor-Presidente da Cresol Sicoper, frisa que o evento foi um sucesso e avalia positivamente as atividades desenvolvidas. “Buscamos trazer visões externas sobre o tema, com assessores extremamente qualificados, as quais contribuem com o Planejamento Estratégico e qualificam nossa atuação visando ao crescimento sustentável da Cresol Sicoper. Podemos afirmar que os debates foram de grande valia para alinhar os trabalhos desenvolvidos em todos os níveis do Sistema, com o olhar sempre focado em nosso associado. Além disso, foi um grande momento de confraternização, de consolidar o vínculo sistêmico e garantir, cada vez mais, uma trajetória de sucesso. Agradecemos o trabalho e a participação dos nossos diretores, que lideram nossas Cooperativas Singulares, e fizeram um grande trabalho neste ano”, finaliza Silva.

Fotos: Gian Gaboardi

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.