Programa com quatro semanas de duração, voltado para a produção de conhecimento e aplicação de técnicas de negócios, é feito em parceria com entidades locais para startups pré-selecionadas.

Com o objetivo principal de desenvolver comunidades de startups, ajudando empresas nascentes fora do eixo RJ-SP-SC, a Darwin Startups, considerada a melhor aceleradora do Brasil em 2018 pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups), lançou o Seleção Natural. A iniciativa, cujo projeto piloto foi feito em 2018 e continua em realização ao longo deste ano, leva workshops com duração de oito horas para cidades de várias regiões brasileiras, com o apoio de parceiros locais. Em junho, 15 startups de vários segmentos de atuação participaram da edição realizada em Manaus (AM), que contou com a parceria do Sebrae Amazonas. Já em julho, foi realizado em Natal (RN), com o apoio do Sebrae do Rio Grande do Norte. Além delas, ainda neste ano estão previstas edições em mais três cidades, localizadas no Pará, Espírito Santo e Paraná.

“A Darwin é amplamente reconhecida pelo protagonismo em alavancar ecossistemas, investindo e desenvolvendo negócios inovadores de alto impacto. O SEBRAE/RN identificou na Seleção Natural da Darwin a oportunidade que faltava para acelerar o desenvolvimento das empresas de base tecnológica do Rio Grande do Norte”, diz Carlos Von Sohstein, gestor do SEBRAE/RN. Mais de 30 profissionais de alto nível foram capacitados no que há de mais atual em gestão e mercado de startups. “O engajamento e a satisfação dos empresários participantes durante o processo é a garantia de que acertamos na fórmula e que teremos grandes resultados no médio prazo”, realça Von Sohstein. 

Inspirado na teoria da seleção natural desenvolvida por Charles Darwin — que dá nome à aceleradora — o programa é aberto para qualquer tipo de startup, de qualquer segmento de atuação. Tem duração de quatro semanas, com quatro workshops de oito horas, cada, feitos um por semana com os seguintes temas: Diagnóstico 360º (momento em que os representantes das startups participantes conhecem o perfil de cada uma, seu estado atual e projeção financeira); Customer Development e Market Sizing (conhecimento e aplicação de ferramentas para entender o perfil consumidor de cada startup e definição do mercado de atuação do negócio); Building Great Products e People Development (alinhamento de expectativas, liderança e análise de perfil dos sócios envolvidos) e Fundraising e Pitch (como captar investimentos e preparação e treinamento para a apresentação comercial).

Em setembro de 2018, foi realizado um projeto piloto em Ponta Grossa (PR), com o apoio do Startup PR e Sebrae Paraná, momento em que participaram 10 startups. Entre elas a Pede Logo. Para Bruno Vieira de Lima, CEO da startup Pede Logo, a participação no Seleção Natural foi importante para validação da solução. “O método apresentado foi bem diferente do que estávamos utilizando e se mostrou muito melhor para o nosso caso. Outro ponto de atenção que foi incrível pra nós foi a mentoria de formação de time, momento em que tivemos insights importantes que nos ajudaram a chegar com a formação e cap table que temos hoje”, afirma Bruno.

De acordo com João Marinelli, Analista de Comunidades do Darwin Startups, o Seleção Natural é um programa de capacitação que tem o intuito de entregar conteúdos relevantes para empreendedores, startups e mentores locais e, o mais importante, possibilitar a geração de novas oportunidades dentro daquela comunidade. “Por vezes, pessoas com potencial, mas que estão fora das grandes metrópoles do Brasil, não têm acesso a recursos financeiros ou contatos que poderiam dar o acesso ao mercado que seus negócios precisam e, por isso, eles acabam não indo para frente. O Seleção Natural atua exatamente nessa dor, e entrega uma preparação presencial de quatro semanas com temas que vão ajudar o empreendedor a dar o próximo passo em seu negócio”, detalha João.

Sobre a Darwin Startups

Criado em Florianópolis por um time de empreendedores em 2015, a Darwin Startups é um dos principais programas de smart money para startups e foi eleita pela Associação Brasileira de Startups como a melhor aceleradora do Brasil em 2018. Ela tem o objetivo de oferecer recursos financeiros, mentorias, acesso a mercado e networking para o desenvolvimento de projetos inovadores. O programa acelerou 45 startups nos seis ciclos já realizados e investiu mais de R$ 10 milhões na inovação brasileira, sendo que cada acelerada recebe, além do investimento de R$ 200 mil por 7%, em torno de R$ 500 mil em benefícios ao longo do ciclo.

Quer conhecer mais sobre as InsurTechs que estão mudando o setor de seguros no Brasil? Participe do InsurTech Brasil, um encontro onde o mercado se reunirá para discutir os próximos passos da inovação nessa indústria. Garanta sua vaga aqui.